Terremoto: Segundo dia consecutivo de tremor em Nepal atingi o Everest

Um forte terremoto atingiu a Índia e Nepal neste domingo (26) balançando edifícios em Nova Delhi e provocando uma avalanche no Himalaia, de acordo com a agência Reuters.

O Serviço Geológico dos Estados Unidos disse que o tremor foi de magnitude 6,7, inferior ao terremoto que atingiu a região no sábado (25), matando pelo menos 2.152 pessoas, segundo a agência de notícias Associated Press.

O tremor secundário, que ocorreu a 10 km de profundidade, também foi sentido no Everest, onde provocou novas avalanches.

No sábado (25), um forte terremoto de magnitude 7,8 estremeceu o Nepal, deixando mais de 2.152 mortos e mais de mil feridos, segundo a agência AP. O tremor teve a 77 km ao noroeste de Katmandu e a 15 km de profundidade.

Ajuda

As comunicações, a eletricidade e a água corrente foram cortados, informou a ONG Oxfam, que “se prepara para fornecer água potável e artigos de primeira necessidade”, segundo a sua diretora no Nepal, Cecilia Keizer.

Os hospitais do país de 28 milhões de habitantes tentam dar conta dos feridos, enquanto a busca por sobreviventes é complicada devido à falta de equipamentos para escavar. As imagens mostram cidadãos tentando retirar escombros com as próprias mãos.

000_ts-del6409364Capital Katmandu foi a mais afetada pelo sismo de magnitude 7,8 no sábado (25) (Foto: Prakash Mathema / AFP)

 

Destruição
A cidade de Katmandu foi a que mais sofreu. Há registros de danos em edificios e casas, especialmente nas construções mais antigas, e também em templos e monumentos.

montagem_nepal2

Brasileiros

Às 16h30, o Itamaraty informou que, até o momento, não há brasileiros entre as vítimas e que todos aqueles que foram localizados pela embaixada no Nepal estão bem.

As famílias podem entrar em contato pelo telefone: (61) 8197-2284.

Segundo o Itamaraty, a comunicação com as autoridades no Nepal está muito ruim.

A presidente Dilma Rousseff divulgou nota oficial para prestar “solidariedade” às famílias das vítimas do terremoto. No comunicado, distribuído pelo Palácio do Planalto, Dilma diz que a embaixada está tomando “todas as providências em apoio aos cidadãos brasileiros” que estão na região da tragédia.

000_del6409251

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *