Suspeitos de espancarem criança de 4 anos podem serem condenados até 23 anos

“Somando todas as penas, o casal pode pegar até 23 anos de prisão cada um porque eles cometeram diversos crimes. Nós estamos aguardando a representação da preventiva, que o Ministério Público já está fazendo. A gente, de posse desse mandado preventivo, iremos executar a prisão o mais rápido possível”, comentou o delegado.

Na tarde de quinta-feira (10), a juíza Maria Luiza Mello e Freitas, da 1ª Vara da Infância e Juventude de Teresina, destituiu a guarda das cinco crianças irmãs da garota. Elas estavam morando com a avó materna desde que haviam sido resgatadas. Apenas a menina apresentava sinais de maus-tratos.

Os pais da menina, Erinaldo Nascimento dos Santos e Leila Dayane da Silva Sales, foram soltos em audiência de custódia após ordem judicial do juiz Luís Felipe Barcelar. A menina, assim que deixar o hospital, irá para uim abrigo junto com os irmãos.

De acordo com ele, o médico do HUT que atende a criança declarou que ela sofre da Síndrome da Criança Espancada.

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *