Secretarias e Polícia Militar fazem blitz para combater poluição sonora no centro de Campo Maior

Em virtude de denuncias contra poluição sonora nas principais ruas do centro de Campo Maior a Secretaria de Meio Ambiente em parceria com a Secretaria de Trânsito e a Polícia Militar realizou na manhã desta sexta-feira (14), uma blitz educativa com o objetivo de combater a poluição sonora causada por veículos de som volante, como também caixa de som amplificada instalada defronte lojas.

DSCF4758

De acordo com o Coordenador de Fiscalização Ambiental, Raimundo Duvale a ação é apenas para educar, não há intenção de multar estabelecimentos comerciais e donos de veículos, no entanto ele adverte que a não obediência a Lei, pode acarretar em penalidades tais como: multas e até mesmo apreensão dos objetos de som.

DSCF4767

O Coordenador explica que de acordo com a legislação ambiental é permitido o uso de sons com volume de até 85 decibéis (decibéis – unidade de medida do som). “Temos recebidos muitas denuncia do uso de sons desacerbado, a SEMARH está realizando essa blitz, mas no sentido de educar, para que as pessoas se adequem as normas da legislação ambiental no município e essa é uma delas, muitas pessoas insistem em usar o volume do som muito alto, então estamos fazendo essa educação dentro do nível permitido pela legislação ambiental que é 85 decibéis, durante o dia e 45, à noite”, detalha o coordenador.

DSCF4756

A poluição sonora ocorre quando num determinado ambiente o som altera a condição normal de audição. Embora ela não se acumule no meio ambiente, como outros tipos de poluição, causa vários danos ao corpo e à qualidade de vida das pessoas. O ruído é o que mais colabora para a existência da poluição sonora.

DSCF4764 DSCF4753

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *