PSB poderá ficar sem vereador em Campo Maior.

O PSB de Campo Maior possui atualmente três representantes na Câmara Municipal de Vereadores, mas deverá ficar sem nenhum conforme informações dos bastidores da política. Os parlamentares estão apenas aguardando a abertura da “janela” que permitirá a troca de partido sem perda de mandato.

Carlos Torres, que se licenciou para ser secretário municipal, Neto dos Corredores e Mercia Maria estão de malas prontas para mudar de partido. Carlos e Mercia, que são aliados do Prefeito Paulo Martins vão para o PTdoB e Neto dos Corredores, que pertence a bancada de oposição, deve pular para o PDT. O oposicionista, inclusive, já garantiu o comando do partido e colocou o próprio filho como presidente. Neto ainda não anunciou a mudança, pois aguarda a posição do PSB.

O PSB de Campo Maior está com várias alas. Uma ala tem a presidente provisória, médica Liége Cavalcante como pré-candidata a Prefeita. De outro tem o ex-prefeito Marco Bona que também sonha em voltar a gerir a cidade e já lançou seu nome como pré-candidato. Os vereadores Mercia e Carlos Torres acompanham a decisão do grupo do Prefeito Paulo Martins que já optou pelo nome do Professor Ribinha como pré-candidato a Prefeito. E Neto dos Corredores certamente vai votar em quem o grupo dos Félix escolher.

LEI DA JANELA PARTIDÁRIA

Na prática a nova regra já estará valendo no próximo ano para os candidatos a vereadores, que entre 2 de março e 2 de abril de 2016 poderão trocar de partido sem perder o mandato. Como a lei exige que a desfiliação ocorra no fim do mandato vigente, para os deputados federais e estaduais uma eventual mudança de partido só será possível em 2018. Quanto a prefeitos, governadores, senadores e presidente da República, o Supremo Tribunal Federal decidiu que a mudança pode ser feita a qualquer momento, já que o mandato majoritário não pertence ao partido.

Em foco

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *