Prefeitura de Campo Maior criará CADASTRO MUNICIPAL DA CULTURA para pagar auxílio a artistas

A Prefeitura de Campo Maior vai criar o Cadastro Municipal de Cultura. Um dos objetivos da medida é a implementação da Lei Aldir Blanc, que destina o auxílio emergencial para profissionais da cultura por causa da pandemia do Novo Coronavírus.

Cerca de 180 profissionais de cultura de Campo Maior deverão ser beneficiados com a medida que vai contemplar, entre outros profissionais, músicos, dançarinos, produtores culturais, artesãos, capoeiristas.

225dc37591492b14c0945b28355e6d1b IMG-20200703-WA0010

O prefeito Professor Ribinha esteve reunido com os Secretários Carlos Torres, (Governo), Milena Scarcela (Turismo e Cultura) e o coordenador de Cultura da Prefeitura de Campo Maior, Marcelo Ferreira, para definir a criação do Cadastro Municipal de Cultura e outros critérios para que os profissionais que atuam na área artística recebam o Auxílio Emergencial da Cultura.

A Lei Aldir Blanc foi sancionada recentemente e prevê o pagamento do auxílio de R$ 600 para artistas informais e de R$ 3 mil a entidades que produzem cultura. Enquadram-se como trabalhadores da cultura: artistas, contadores de histórias, produtores, técnicos, curadores, trabalhadores de oficiais culturais e professores de escolas de arte e capoeira.
A secretária Millena Scarcela disse que ainda faltam serem definidos alguns pontos para a implementação da Lei em Campo Maior. “Estamos discutindo com o secretário Carlos Tores e o prefeito Professor Ribinha como esse auxílio será pago e para quem deverá ser pago, mas acreditamos que até a próxima semana se tenha uma definição”, informa.

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *