Prefeito Ribinha e Secretária Nilzana Gomes participam de Audiência Pública pelo fim da Violência contra Mulheres

A Prefeitura de Campo Maior através da Secretaria de Assistência Social por meio da Coordenadoria da Mulher promoveu nesta quinta feira (30/11), na Câmara Municipal, uma audiência pública para discorrer as políticas públicas implementadas no âmbito da Secretaria de Segurança no enfrentamento à violência contra mulher.

DSCF1376

O evento faz parte das atividades desenvolvidas durante a campanha, 16 Dias de Ativismos pelo fim da Violência contra Mulheres e contou com participação do Prefeito, Professor Ribinha, das delegas: Anamelka Cadena, titular do Núcleo de Feminicídio da Polícia Civil do Piauí e Camila Miranda, da Polícia Civil de Campo Maior, dos secretários municipais: de Assistência Social, Nilzana Gomes, de trânsito, Major Paz, de meio ambiente, Conceição Paz, do Major Etevaldo Silva, da Coordenadora de Políticas Públicas para Mulheres, Luzia Pereira, de vereadores, além de outras autoridades e representes de instituições públicas.

DSCF1350

A audiência foi ministrada pelas delegadas; Anamelka Cadena e Camila Miranda.

DSCF1413

Para a delegada Anamelka o aplicativo Salve Maria tem sido uma das políticas importantes para o trabalho da polícia no enfrentamento à violência de gênero.

DSCF1423

“É importante discutirmos essas políticas, pois através dos dados qualificados, que é uma preocupação da Secretaria de Segurança, que tem um núcleo de estatísticas, verificarmos quais são as mazelas no âmbito desse enfrentamento específico. E de forma efetiva, estudada e avaliada o surgimento dessas políticas criminais e públicas, e uma delas é o aplicativo Salve Maria, que tem a intenção de otimizar essa denuncia para as policias judiciária e militar. A parti disso, podermos ligar a sociedade inteira com a polícia no âmbito dessa violência para que essa informação não seja protagonizada apenas pela mulher que estar em situação de violência, mas por qualquer pessoa, temos que desmitificar o discurso de que, “em briga de marido e mulher ninguém mete a colher”, isso não existe mais”, disse a delegada Anamelka Cadena.

Outra política é capacitação dos policias que vai ser feita pela caravana Salve Maria aqui em Campo Maior, com intenção de fazer com que todos os policias possam vislumbrar a expertise da dinâmica da violência de gênero e poder fazer o enfrentamento qualificado e eficaz com o uso da metodologia adotada.

A programação continua, neste sábado (02/12), com um pedágio educativo no posto da Polícia Rodoviária Federal, na BR 343, a parti das 8 horas, com o objetivo de mobilizar os homens pelo fim da violência contra mulheres e estende até o dia 18 de dezembro, com capacitação para policiais e difusão do aplicativo Salve Maria.

DSCF1418DSCF1445DSCF1342

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *