Prefeito lamenta bloqueio de contas, mas garante pagamento dos servidores

Por conta de débitos deixados por gestões passadas o município de Campo Maior tem sofrido constantes bloqueios judiciais no Fundo de Participação do Município- FPM, o que tem dificultado a administração do atual prefeito José de Ribamar, “Ribinha’. A afirmação é do próprio prefeito.

“Temos uma grande dificuldade em administrar Campo Maior, por conta de constantes bloqueios que ocorrem quase que semanalmente em contas do município, por ordem da Justiça para pagamento de salários deixados por gestões passadas. São valores que de certa forma dificulta e às vezes até inviabiliza a nossa programação para com os compromissos do município porque somos surpreendidos com esses bloqueios”, revela o prefeito Ribinha.

O prefeito revela que está buscando com a sua assessoria jurídica, junto ao Ministério Público um melhor planejamento, para evitar surpresas na programação financeira do município.

“Não temos condições de está todo momento administrando o passado (disse se referindo aos débitos anteriores), pois a população precisa de ações no presente. Lamentamos essa situação que gera um constrangimento para nossos servidores, mas estamos buscando resolver esse problema da melhor forma possível”, lamentou o prefeito

No último dia 10, contas do município sofreram mais um bloquei, parte dos servidores prejudicados, já receberam seus pagamento, na tarde desta terça-feira (15/08), porém os professores continuam com os salários atrasados.

O Secretário de Finanças, César Robério explica que o valor disponibilizado pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), não é suficiente para fechar a folha de pagamento dos servidores e a prefeitura entra com uma contrapartida, oriunda do FPM, mas devido ao bloqueio não foi possível realizar essa contrapartida, motivo pelo qual os servidores estão momentaneamente com seus salários atrasados.

O secretário afirmou ainda que a assessoria jurídica já está resolvendo o problema e garantiu que na sexta-feira, 18 de agosto, o pagamento estará, na conta dos servidores.

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *