PNCE é apresentado aos empresários de Campo Maior

A prefeitura de Campo Maior, o Banco do Brasil e os Correios reuniram na noite desta terça-feira 19, empresários locais para apresentar o Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE). A reunião aconteceu no SENAC.

O PNCE tem como objetivo, inserir empresas piauienses no rol de empresas que vendem seus produtos no mercado internacional.

Segundo Teresinha de Aguiar, representante da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Tecnológico (SEDET), essa primeira etapa, foi apenas de sensibilização, mas que o PNCE é desenvolvido em cinco etapas: sensibilização, inteligência comercial, adequação de produtos e processos, promoção comercial e comercialização.DSCF0290

          Teresinha Aguiar – representante da SEDET

As empresas que aderirem ao projeto terão acesso ao diagnóstico de produtos e serviços, consultoria de inteligência comercial (que avalia em quais mercados aquele produto ou serviço tem potencial de venda), rodadas de negócios com compradores estrangeiros e participação em missões comerciais.

Para o prefeito Paulo Martins, é importante que o empresário, saia da zona de conforto, e busque oportunidades que possam expandir cada vez mais a comercialização de seus produtos, visando assim, melhor lucratividade e satisfação aos clientes.DSCF0314

  Prefeito Paulo Martins, motivando os empresários locais.

Como parceira do projeto a prefeitura de Campo Maior, segundo o Secretário de Finanças, Otalício Leite, tem por finalidade fomentar o desenvolvimento econômico do município, buscando parcerias para que as empresas possam se tornar mais competitivas, tanto no setor interno, bem como no externo.

“Esse projeto visa criar as condições necessárias para que as empresas daqui possam exportar os seus produtos para o mundo todo, hoje sabemos que através da globalização não temos mais fronteira, então, porque não acreditar nesse projeto? Atualmente, no Brasil se fala muito em crise, toda crise gera oportunidade, e essa oportunidade que surge aqui é fundamental para que nossas empresas possam se destacar no mercado”. Disse o secretário.DSCF0279

Secretário de Finanças Otalício Leite

As ações do Plano Nacional da Cultura Exportadora já beneficiam empresas de grande porte em todo o Brasil, segundo a SEDET, a intenção agora, é beneficiar pequenas e micro empresas.DSCF0318

Maxwell, superintendente do Banco do Brasil, setor de exportação.DSCF0332

DSCF0271DSCF0273DSCF0301

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *