Piauí registra 456 estupros contra crianças e adolescentes, em apenas um ano

Registros do Serviço de Atenção à Mulher Vítima de Violência Sexual – SAMVIS, que funciona na Maternidade Dona Evangelina Rosa, apontam números assustadores de casos de violência sexual no Piauí. O Samvis registrou só no ano passado 456 casos, sendo que 237 abusos ocorreram somente em Teresina. Segundo o Serviço, dos números do Estado, 272 vítimas tinham entre 10 e 19 anos, 78 foram crianças na faixa etária de 5 a 9 anos e 56 vítimas tinham até 4 anos de idade.

Em alguns casos os suspeitos continuam em liberdade, como o que ocorreu com uma garota de 12 anos, que em decorrência da violência sexual a menina engravidou e a família luta para conseguir autorização para realização do aborto.

Vera Lúcia Santos, promotora da 1ª Vara da Infância e da Juventude, informou que foi pedida a prisão preventiva do tio suspeito de estuprar a sobrinha de 12 anos.

O suspeito praticou atos libidinosos contra a menor por um ano, antes da conjunção carnal e estava proibido de se aproximar da sobrinha por meio de uma medida cautelar, segundo denuncia realizada em outubro de 2014. A promotora conta que na época soube do crime por meio do Conselho Tutelar e a prisão não foi efetivada anteriormente porque o suspeito não foi localizado.

cd142eb8ec7a466bc6a0de6e444422e5

“Quando recebemos a denúncia encaminhamos para a DPCA, na época, representamos pela prisão preventiva que foi deferida e ele não foi preso porque estava foragido. A conjunção carnal teria ocorrido apenas uma vez, dentro de um casarão quando a vítima voltava da escola, há dois meses. Fizemos o nosso trabalho e agora estamos aguardando do poder judiciário. Acreditamos que de hoje para amanhã, a prisão seja decretada”, disse Vera Lúcia.

Por: Silvana Moraes

Informações:Cidade Verde

Tagged with:

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *