Piauí: Mulher é morta a facada e o suspeito do crime é um militar aposentado

O soldado aposentado da Polícia Militar do Piauí, Ribamar Barros é suspeito de ter assassinado sua mulher a facadas na madrugada desta quarta-feira (26), na Rua 8, casa 2283, no bairro Parque Itararé, na zona Sudeste de Teresina. Maria Luíza de Sousa tinha 56 anos, ela chegou a ser socorrida levada para o HUT (Hospital de Urgência de Teresina), mas não resistiu aos ferimentos e morreu”.

O perito do Instituto de Criminalística, José Luis de Sousa Porto, disse que no local do crime havia muito sangue e projétil de munições de revólver calibre 38, mas que a mulher foi assassinada a facadas.

“O crime aconteceu dentro de um depósito que existe no quintal da residência. Provavelmente ela teria tentado se trancar dentro desse comodo para fugir do seu assassino.

O acusado está foragido e agora cabe a polícia realizar todo levantamento e encontrar o suspeito.

O chefe de investigação do 8° Batalhão da Polícia Militar (BPM), afirmou que a mulher foi morta com três facadas. “Ele atingiu a vítima a facadas na região toraxica, mas ela ainda conseguiu fugir e tentou se esconder na casa, mas ele efetuou disparos de arma de fogo para abrir o comodo e fugiu quando a polícia chegou no local. A mulher morreu a caminho do hospital”, completou.

Os vizinhos não tinham muita familiaridade com o casal. Maria dos Remédios, vizinha da vítima, disse que Maria Luíza era uma pessoa boa e não fazia mal a ninguém. “Ela pediu muito socorro e ajuda e eu fiquei muito nervosa por que ouvi os tiros. A gente sempre ouvia eles discutindo”, declarou.

O corpo foi levado para perícia médica no Instituto Médico Legal (IML) onde passou por exame cadavérico e foi liberado para sepultamento.

Fonte: MN

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *