PIAUÍ: Candidata alega fraude e pede recontagem de votos à Justiça

A candidata a prefeita de Água Branca, Margareth do Zito (Republicanos), ajuizou recurso na Justiça Eleitoral do Piauí pedindo recontagem de votos no município, após perder a eleição para Junior Ribeiro (PSD) em uma disputa acirrada de apenas oito votos de diferença. Além da recontagem, a candidata alega fraude e pede à Justiça Eleitoral a impugnação da seção nº 108 e auditoria na urna eletrônica.

pedidoodd

O recurso impetrado pela candidata se baseia em uma certidão do Cartório da 52ª Zona Eleitoral do Piauí. A ação aponta para a ausência de duas vias do Boletim de Urna entre os materiais enviados pelo presidente da seção à Junta Apuradora. Deste modo, vale frisar que segundo o Artigo 179 do Código Eleitoral brasileiro, a apresentação do Boletim de Urna é indispensável para a validade dos votos de uma seção eleitoral.

O boletim contém dados como: data da eleição; identificação do município e da zona e seção eleitoral; data e horário de início e encerramento da votação; código de identificação da urna; número de eleitores aptos a votar; número de votantes na seção; a votação individual de cada candidato; os votos para cada legenda partidária; os votos nulos; os votos em branco; a soma geral dos votos.

No último domingo (15) Júnior Ribeiro recebeu 6.104 votos (49,71%), e Margareth do Zito, 6.096 (49,65%), segundo os dados do Tribunal Superior Eleitoral.

Informações: cidadeverde
imagem: Reprodução

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *