Governo autoriza contratação de mais de 160 professores para a Uespi

O secretário estadual de Administração, Ricardo Pontes, anunciou nesta terça-feira (21) que o governador Wellington Dias (PT) autorizou a contratação de 167 professores concursados da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), conforme estabelecido em edital. A previsão, de acordo com o secretário, é que os novos docentes sejam chamados a partir de setembro.

Ricardo Pontes informou que o governador teve uma reunião com o reitor da Uespi, Nouga Cardoso, em que garantiu a convocação. Também disse que serão chamados professores para assumir tanto na capital quanto no interior do estado.

“Estivemos reunidos com o governador, a Procuradoria do estado e com o reitor Nouga e ele priorizou o chamamento dos aprovados, estabelecido dentro do próprio edital”, salientou.

O reitor Nouga Cardoso, de acordo com Ricardo Pontes, já está elaborando um calendário para a partir de setembro começar a definir em que campus assumirá cada professor. No edital, está previsto a realização uma audiência pública, onde os docentes escolhem, comforme a classificação, onde querem ficar lotados depedendo da disponibilidade de vagas.

“Pra gente chamar esses professores a partir de agora de setembro. Tem umas regras que têm que cumprir, tem que chamar esses professores para uma audiência pública, que aí é que vai definir quem vai para qual local, de acordo com a classificação. Quem passou primeiro tem a opção de escolher o local que quer ir. Aí depois o segundo colocado ver a disponibilidade de vagas e decide para onde vai dependendo do número de vagas no local. O outro colocado, em seguida, escolhe também o local que quer ir dentro dos locais que tem vaga”, explicou o secretário.

Concurso

O certame foi realizado pelo Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe) em 2017 para o preenchimento de 197 vagas em 26 áreas. Os candidatos aprovados devem ser convocados, por meio de edital específico, depois que foi lançada a publicação da homologação do resultado final, em julho de 2018. Os aprovados terão jornada de 20h e 40h semanais e os salários variam até R$ 7.590,70.

Greve da Educação

Ricardo Pontes também comentou sobre a greve da Educação, cuja Justiça do Piauí determinou hoje, o fim do movimento, bem como o retorno dos profissionais às salas de aula e aos demais postos de trabalho. O secretário garantiu que o reajuste acordado em decisão judicial, – de 6,81% para os profissionais do magistério e 3,15% para profissionais de apoio técnico administrativo da educação – será pago na folha de agosto. Segundo ele, o governo também pagará os retroativos devidos a partir da folha de setembro.

Segundo o secretário, o impacto na folha de pagamento, com o repasse dos reajuste dos servidores da Educação só no mês de agosto, é de mais de R$ 5 milhões. Ricardo Pontes disse que o governo ainda está calculando o valor do impacto total da folha, incluindo os valores retroativos. Ele acredita que o montante ultrapassará os R$ 15 milhões.

“Nos já efetuamos nesta folha o pagamento dos 6,81%, tanto para ativos quanto inativos e pensionistas e de 3,15% para os administrativos. Estamos calculando a diferença (dos retroativos) para pagarmos agora nessa folha de setembro”, observou.

O secretário acrescentou: “Eles queriam que o pagamento da diferença fosse imediato, só que tínhamos que ter tempo e a folha estava fechando já agora, semana passada, antes do feriado dia 15. Então não tínhamos como calcular isso tudo e implementar na folha logo agora e também tinha que ver todo o valor financeiro, qual o impacto disso para a gente sentar com a Fazenda e pagar, porque não temos dinheiro sobrando. Então estamos nessa programação financeira para o mês de setembro, mas com o compromisso de pagar”.

Ricardo Pontes lembrou que o governo do estado fez uma solicitação à Justiça do Piauí, pedindo o fim da greve e o retorno das aulas por parte dos professores. Logo após a processo do governo ter sido feito ao TJ-PI, o desembargador Joaquim Santana deferiu decisão determinado o fim do movimento grevista.

Fonte:cidadeverde

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *