Funcionário do SAAE morre vítima de afogamento em Luís Correia

O médico legista Regis Carlos, do Instituto Médico Legal de Parnaíba, confirmou que a morte de Saul Bogea Rodrigues Junior, de 46 anos, o Júnior Saul, foi mesmo por afogamento. O funcionário do SAAE de Campo Maior, morreu no início da tarde desse sábado, 10.10, na praia de Luís Correia, litoral piauiense.

De acordo com o médico, Saul veio a óbito por asfixia aguda causada por líquido, afogamento. “Ele apresentava sinais característicos de afogamento, ou seja, cogumelo de espuma na boca, olhos avermelhados e extremidades do corpo roxo. Para nós não há dúvidas foi afogamento mesmo”, disse o médico Regis Carlos.
sau-1

O médico disse que sua conclusão ganhou ainda mais embasamento com o depoimento da esposa do Júnior, identificada como Socorro. Ela contou para o médico e para a polícia que os dois estavam tomando banho de mar, quando uma onda surpreendeu os dois.

Socorro disse que o casal não sentiu mais o chão e percebeu que Júnior Saú tentou socorrê-la a empurrando em direção à praia. A tentativa deu certo para ela, mas ocasionou a morte do rapaz, que seu teve seu corpo levado pela força da maré.

sau-2

Os amigos de Saú ainda tentaram reanima-lo, mas já era tarde. A morte estava confirmada e foi ai que o IML foi acionado. O corpo de Saú foi liberado para o seu sepultamento pelo legista Regis Carlos. Saú será enterrado na manhã deste domingo em Campo Maior.

Fonte:portaldecampomaior

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *