Duas pessoas morrem com suspeita de H1N1 no Piauí

A Secretaria Estadual da Saúde do Piauí confirmou, na tarde desta segunda-feira (11), que está investigando a morte de duas pessoas em consequência do vírus Influenza H1N1. Já são 28 casos suspeitos da doença em todo o Estado.

De acordo com a Sesapi, as notificações são de pacientes residentes em sete municípios do Piauí e dois do Maranhão. Só Teresina registra 15 casos, além de outros nas cidades de Palmeirais, Bom Jesus, Monte Alegre, Redenção do Gurgueia, Campo Largo, Baixa Grande do Ribeiro, José de Freitas, Novo Oriente, Capitão de Campos, todos com um caso e Brejo no Maranhão com um caso e Timon, com três casos.

Os casos são classificados por critério clínico e por critério epidemiológico, a Sesapi, de acordo com a recomendação do Ministério da Saúde, orienta aos municípios que tiverem casos suspeitos notificados que antecipem o calendário de vacinação, mantendo o 30 de abril, como o Dia D de vacinação.

vacina_h1n1

Segundo a Secretaria, o Piauí já recebeu mais de 188 mil doses da vacina. Ao todo, serão 732.193 doses a serem distribuídas para todos os municípios piauienses. Na capital a vacinação deve começar ainda esta semana.

A imunização é voltada para os grupos prioritários como crianças de seis meses a menores de 5 anos, gestantes e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), pessoas com mais de 60 anos, trabalhadores da saúde, funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade, população indígena, bem como doentes crônicos com recomendação médica, pessoas com problemas respiratórios, cardíacos, com baixa imunidade, dentre outros.

Para o tratamento da Influenza, o Estado disponibiliza 7.500 doses de antiviral Oseltamivir, de nome comercial Tamiflu. Havendo suspeita de Influenza H1N1, o paciente é submetido à medicação e ainda é recolhido amostra para exame laboratorial.

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *