Drone é usado pela primeira vez para mapear criadouros de Aedes nos bairros.

 

36d72f72-2223-4b16-a13e-df994983ad08 78477f6a-d0dd-4326-bbb6-f1927bbea024

 

Pela primeira vez em Teresina, foi utilizado de forma experimental, um drone para observar e mapear focos do mosquito Aedes aegypt em Teresina. Na manhã deste sábado (16), no projeto Faxina nos Bairros, o equipamento tecnológico sobrevoou áreas no Verde Lar, no Conjunto Santa Bárbara, zona leste, produzindo imagens de ambientes de difícil acesso a procura de criadouros do mosquito.

O aparelho mapeou residências com uma grande quantidade de material inservível a procura de locais onde o transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya poderia estar se reproduzindo e foi monitorado pelo piloto Tibúrcio Frota. Após feita a imagem, imediatamente o agente de endemia foi vistoriar a residência e orientar o morador a colocar o material para ser recolhido pelas equipes de limpeza da Faxina.

Foram vistoriados com o drone também os imóveis desabitados em que os agentes tiveram dificuldade de contato visual para saber se no local havia criadouros do mosquito transmissor da doença. “O drone sobrevoou  a região e fotografou onde foi encontrado um potencial criadouro do mosquito da dengue. As imagens serão encaminhadas para a Gerência de Zoonoses para que assim sejam tomadas as medidas necessárias para eliminar os focos de doença”, disse Oriana Bezerra, gerente de Zoonoses da Fundação Municipal de Saúde.

Ainda durante a ação no Verde Lar foi identificada uma sucata com várias irregularidades e lixo acumulado. O proprietário do terreno foi identificado e será notificado pela Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste na segunda-feira (18). “Nossos agentes fizeram a vistoria no local e identificaram acúmulo de lixo, material reciclado e várias outras situações que representam risco para a população. Hoje vamos recolher o que for possível recolher e a SDU irá notificar o proprietário para que sejam tomas as medidas necessárias para que esse local não represente perigo para a saúde dos moradores da região”, informou Oriana Bezerra.

A ação “Faxina nos Bairros” é uma parceria entre Fundação Municipal de Saúde (FMS), Superintendências de Desenvolvimento Urbano e com apoio das associações de moradores dos bairros. Durante a semana, a população recebe orientações para que recolham todo tipo de lixo inservível da sua casa, inclusive aqueles utensílios de grande porte que estejam jogados no quintal e que possam se transformar em criadouro de mosquito. No sábado, as equipes de limpeza se encarregam de recolher todo este material e dar o destino adequado, além de fornecer informações e orientações sobre o combate ao mosquito transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya.

“Acumular lixo propicia uma série de doenças e o momento agora é de alerta devido ao início do período chuvoso, que é bastante propício para a proliferação do mosquito Aedes aegypti. Temos orientado a população, muita gente tem colaborado, mas ainda temos uma pequena parcela que insiste em manter materiais inservíveis nos seus quintais e que podem ser focos de doenças nas residências e causar problemas para coletividade. A Prefeitura de Teresina tem realizado a Faxina nos Bairros para manter a cidade limpa e as pessoas saudáveis. Essa já é a quinta faxina e nas últimas quatro operações da ação já recolhemos mais de 800 toneladas de lixo”, explicou Amariles Borba, diretora de Vigilância em Saúde da FMS.

Para dona de casa Francisca da Conceição Silva, essa é uma ação importante de limpeza e de conscientização da população. “Na minha casa o mosquito da dengue não se cria, pois estou sempre atenta e de olho para não deixar água acumular em nenhum recipiente. Mas não sei se meu vizinho tem a mesma atitude que eu tenho, então é muito importante essa ação da Prefeitura que orienta a população a limpar suas residências, bem como de manter nossas ruas, nosso bairro e nossa cidade limpa para evitarmos doenças”, disse.

Neste sábado receberam a faxina os bairros Aroeiras (Nova Teresina) na zona Norte, Gurupi na zona Sudeste, Pio XII na zona Sul e Verde Lar (Santa Bárbara) na zona Leste, bem como o Povoado Alegria, primeira localidade da zona rural a receber a ação. As comunidades beneficiadas foram Alegria, Torrões, Humaitá, Recanto dos Pássaros e Cantinho Sul.. A Faxina nos Bairros continua com programação já fechada para os próximos dias 23 e 30 de janeiro.
Da Redação
redacao@cidadeverde.com   

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *