Conselho Tutelar investiga denuncia de estupro contra menino de seis anos

O Conselho Tutelar de Teresina e a Polícia Civil estão investigando um suposto caso de abuso sexual a um menino de seis anos de idade, ocorrido no bairro São Pedro, zona Sul de Teresina. A denúncia foi feita pelos professores da vítima, após perceberam mudanças de comportamento da criança na escola. O menino relatou com detalhes aos educadores o que teria acontecido. De acordo com a coordenadora pedagógica da escola, Edna Batista, o abuso teria sido praticado por “coleguinhas mais velhos dele”, que o levaram a um matagal próximo à sua residência.

“Nós percebemos que ele estava andando de um jeito diferente, e que se sentia desconforto ao se sentar. Ele é hiperativo, por isso tem acompanhamento individual de um educador, que foi quem percebeu tudo. Viu que ele estava anormalmente quieto”, relata a coordenadora da escola. A criança frequenta a Escola Municipal José Alves de Abreu, no São Pedro.

Em seu relato, o menino não soube precisar quantas pessoas teriam praticado o abuso, e a escola evitou fazer mais perguntas, segundo a coordenadora, para evitar mexer ainda mais com o psicológico dela. Além do relato dele, os professores perceberam, ainda, lesões na região anal, o que levou a escola a procurar, imediatamente, a família, o Conselho Tutelar e a polícia.

f706fa16b23e48df5df6f08b927702f8

“Na mesma hora eu entrei em contato com a família e o avô esteve na delegacia, junto com os educadores, para registrar o Boletim de Ocorrência. Foi pedido um exame de corpo de delito que deve estar sendo feito hoje, porque ele não veio para a escola”, explica Edna.

Ela conta que o resultado dos exames deve sair nos próximos dias. A escola está acompanhando o caso em contato direto com a família do menino. Perguntada sobre quem seriam os suspeitos pelo ato contra a criança, a coordenadora se resume a dizer que a polícia está apurando “com base no que os educadores e a própria vítima disseram”.

O Dia

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *