Comunidade Lagoa Seca deve receber ponte em 16 dias

Moradores das comunidades: Lagoa Seca, Santa Helena, Estreito, Assentamento Tatus, e outras localidades vizinhas devem receber nos próximos dias a construção da ponte da localidade Lagoa Seca, que fica sobre o Rio Maratoan, na estrada vicinal que liga Campo Maior a José de Freitas e que também permite acesso a cidade de Cabeceiras.

Desde o final de 2016, quando a ponte foi destruída por um incêndio, os moradores passaram a utilizar uma estrutura simples feita de madeira. O prefeito Professor Ribinha reivindicou junto ao Governo do Estado por meio do Departamento de Estradas e Rodovias – DER, recursos para a construção da obra de uma nova ponte, mas devido a demora do repasse, e a proximidade do período chuvoso, a obra está sendo executada com recursos do próprio município.

DSCF2817

“Nossa preocupação é devido ao fato deste local ficar intrafegável no período de chuvas, essa ponte é a principal rota de transporte para moradores da região” disse o prefeito.

De acordo com o responsável pela obra, Renato Almeida, proprietário da A. R. Construtora empresa licitada para a execução do serviço, a ponte possui 12 metros de extensão.
“Estamos utilizando 24 tubos reforçados de concretos, cada tubo possui 1 metro de diâmetro, serão construídos quatro canais para o escoamento da água, ” informou Renato.

Renato informou ainda que a previsão de conclusão da obra era de cerca de 30 dias, mas que o prefeito pediu celeridade, devido chegada das chuvas e que no máximo em 16 dias a obra será entregue a comunidade.

DSCF2801DSCF2827DSCF2832

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *