Comando da PM de Campo Maior afasta policial citado no caso de Castelo

O comandante da Polícia Militar de Campo Maior, Ruy Nunes Cordeiro, confirmou para nossa reportagem que afastou o policial militar que teve o nome citado pelo menor Gleison Vieira, um dos envolvidos no estupro coletivo de Castelo do Piauí.

De acordo com o comandante Ruy Nunes Cordeiro, o policial militar, que era lotado na Delegacia de Castelo e que pertence ao 15º Batalhão da Polícia Militar, está entregue ao Comando Geral da Polícia Militar. “Ele foi afastado das suas funções na Polícia Militar e está entregue ao QCG”, comentou Ruy Nunes Cordeiro.

pm
comandante do 15º Batalhão da Polícia Militar em Campo MaiorRuy Nunes Cordeiro

Gleison Vieira, quando estava detido no CEM (Centro Educacional Masculino), revelou que teria sido aliciado por um policial militar da cidade de Castelo do Piauí para cometer o crime e receberia recompensa de 2 mil reais. “As denúncias precisam ser apuradas”, disse Cordeiro.

Ruy Nunes disse que o policial militar, cujo nome foi mantido em sigilo, foi afastado na sexta-feira passada e que deve se apresentar nessa segunda-feira, 10.08, no Quartel do Comando Geral à Corregedoria da PM. Fonte:portaldecampomaior

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *