CASO ARETHA: Delegada afirma que ex-namorado é o assassino e faz buscas em residência

Pelo menos seis policiais militares estão fazendo – neste momento – uma busca na residência do ex-namorado da cabeleireira Aretha Dantas Claro, encontrada morta na avenida Maranhão na manhã de ontem (15). Ele mora no Parque Poti, na zona Sudeste de Teresina. A delegada Luana Alves, do Núcleo de Feminicídio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), comanda as buscas na casa. Ela confirmou que o rapaz, identificado como Paulo Alves dos Santos Neto, é o autor do crime.

a22952f073eed8daf14dcc370d39d9dc

Durante a ação, a polícia teve que conter um cachorro da raça Pitbull para poder entrar na casa. Uma carta teria sido encontrada no interior da residência, além de muito sangue. No local estava também um veículo vermelho.

casa1

Na manhã desta quarta-feira, a delegada disse que nenhuma possibilidade está descartada, mesmo com familiares suspeitando que o caso seja de crime passional.

O velório da vítima aconteceu com muita comoção de familiares e amigos de Aretha, quanto a polícia garante que segue com as investigações para elucidar o crime o quanto antes.

O corpo da cabeleireira Aretha Dantas foi encontrado na manhã da última terça-feira (15) na Avenida Maranhão com perfurações e sinais de atropelamento. A vítima foi achada sem documentos que pudessem identificá-la e posteriormente a família, que sentiu falta da mesma, fez a identificação através das tatuagens no corpo. Aretha saiu de casa na noite de segunda-feira (14) sozinha para fazer um lanche em uma lanchonete próximo da sua residência no Bairro Saci e não voltou mais. Ela morava com a avó e foi velada na casa do pai, Aldir Claro, no Bairro Bela Vista, também na zona Sul.

o-corpo-de-aretha-dantas-detalhe-ainda-no-asfalto-da-aveni_tu3VTGx.jpg.756x379_q85_box-0,P2C7,P2C720,P2C368_crop.jpg.pagespeed.ce.8tha837g8P

 

Foto: reprodução

Fonte: cidadeverde

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *