Campo Maior: Prefeito reúne dados para decretar situação de emergência

O prefeito Professor Ribinha, determinou que o superintendente da Defesa Civil, Edilson Silva, reúnam os dados técnicos para a decretação do Estado de Emergência em Campo Maior por conta da situação causada pelas intensas chuvas que caem no município desde início de abril.

chuvaforte4

Os níveis dos rios Surubim, Pintadas e Longá, (que cortam o município), estão muito acima do normal e já deixaram muitas áreas alagadas nos bairros de Flores, Horto Florestal, Vila Papi, Matadouro, Califórnia e Cariri.

O prefeito Professor Ribinha lembra que as medidas iniciais para minimizar os efeitos das chuvas como retirar as famílias de áreas de riscos já foram adotadas, mas com o agravamento da situação, já que as chuvas não cessaram, a medida mais eficaz será o decreto. “Temos que adotar outras medidas mais abrangentes e isso só será possível com o decreto de emergência”, destaca.

Ribinha disse que uma das principais ações será o apoio mais eficaz às famílias que poderão ser atingidas pelas cheias dos rios, incluindo a ajuda dos Governos do Estado e Federal. “Nossa intensão é dar total apoio. Não só retirar as pessoas de suas casas, mas também acompanhar o dia-a-dia dessas famílias com comida, remédios e também a construção e reforma de casas para essas famílias”, adianta o prefeito.

chuvaforte2

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *