Campo Maior: Prefeito mantém diálogo e busca meios legais para garantir pagamento do ‘Previne Brasil’

Sem uma decisão definitiva do Tribunal de Contas do Estado – TCE, que remete à execução do pagamento dos recursos do Programa Previne Brasil, o prefeito do município de Campo Maior, Joãozinho Félix (MDB), tem buscado manter o diálogo com os profissionais da atenção primária à saúde a fim de garantir o rendimento dos valores que serão destinados, principalmente, para os agentes comunitários.

almo

Em consonância com a Procuradoria do Município e Secretaria de Saúde, Joãozinho Félix vem buscando meios legais junto ao Tribunal de Contas para que o rateio do recurso federal volte a ser creditado nas contas dos profissionais – o quanto antes – sem que a administração pública seja penalizada.

O recurso, que está em conta e assegurado, aguarda julgamento, pelo Plenário do TCE-PI, da Consulta feita pelo município prevista para os próximos dias. Otimista e acreditando na conclusão favorável, Joãozinho Félix falou por telefone com os representantes da categoria garantindo o total empenho e dedicação da equipe técnica da prefeitura para que pagamento do recurso seja executado.

Em encontro com a categoria, o procurador do município, Daniel Vidal e o Vereador Neto dos Corredores, reforçaram o total interesse da Prefeitura e Secretaria de Saúde para que o recurso do Previne Brasil seja destinado a categoria – “Estivemos reunidos com os ACS (Agentes Comunitário de Saúde) a pedido do prefeito Joãozinho Félix e secretária de saúde Dorilene Vidal, para buscarmos juntos com a categoria uma solução para repasse do Programa Previne Brasil. A gestão reconhece o direito dos ACS e busca resolver o mais rápido possível”, publicou Neto dos Corredores.

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *