Campo Maior: Músicos cobram a prefeitura pagamentos de auxílio garantido por lei

A Associação dos Músicos de Campo Maior (AMUSCAM), publicou uma nota nesta quarta-feira (13), pedindo uma posição por parte da prefeitura municipal, para a realização dos pagamentos da classe dentro da lei Aldir Blanc, sancionada pelo governo federal, que prevê o pagamento de auxílio para o setor cultural durante o período de emergência por causada da pandemia da covid-19.

thumbs (1)

A nota publicada pela AMUSCAM, destaca o decreto municipal publicado nesta terça-feira (12), suspendendo por tempo indeterminado, festa, shows ou/e similares, no município de Campo Maior. O decreto inclui eventos públicos ou privados, independentemente da quantidade de participantes, em local aberto ou fechado.

O presidente da AMUSCAM, Flávio Roberto, disse que a classe há muito tempo esperam o recurso e pediu para que a atual gestão do município dê celeridade aos pagamentos. “Estamos esperando o pagamento desse recurso há muito tempo, acabamos de sofrer mais um decreto, estamos parados, estamos necessitando desse dinheiro. Pedimos encarecidamente ao prefeito João Félix, ao secretário de cultura Heldervan Eugênio, que dê celeridade por que várias famílias estão precisando desse auxílio”, comentou Flavio.

A associação ressaltou que os pagamento foram aprovados nos editais de chamadas públicas de n° 004/2020 e 005/2020, que são vinculados a lei Adir Blanc, e foram aprovadas pela gestão anterior, faltando agora a execução por parte da atual gestão do prefeito João Félix (MDB).

O Em Foco entrou em contato com o secretário de Cultura, Heldervan Eugênio, para saber o posicionamento da prefeitura quanto a situação dos músicos, mas não obteve resposta até a publicação desta matéria.

Veja a nota a AMUSCAM

NOTA

 

Fonte; emfoco

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *