Beneficiários do BPC podem perder benefício por falta de inclusão no Cadastro Único

Cerca de 477 pessoas beneficiárias do BPC – Benefício de Prestação Continuada, no município de Campo Maior ainda não estão no Cadastro Único para programas sociais do governo federal e têm até dezembro de 2018 para se cadastrar é o que determina a portaria interministerial nº 5, de 22 de dezembro de 2017, publicada em 26/12 2017 no Diário Oficial da União.

Quem recebe o Benefício de Prestação Continuada (BPC), agora tem que estar no Cadastro Único

Os idosos acima de 65 anos e as pessoas com deficiência de todo o Brasil e que recebem o benefício devem procurar o Centro de Referência de Assistência Social – CRAS mais próximo de sua residência ou a Secretaria de Assistência Social como é o caso dos beneficiários do município de Campo Maior para fazerem o recadastramento sobre pena de perder o benefício.

Em Campo Maior, o recadastramento é feito no setor de atendimento do programa Bolsa Família na Secretaria de Assistência Social- SEMAS, de segunda a sexta-feira a partir das 8:00 horas.

WhatsApp Image 2018-01-31 at 11.06.36 AM (1)

O Coordenador do Cadastro Único em Campo Maior, Miguel Ribeiro faz uma alerta aos beneficiários “Na verdade o que houve foi a prorrogação do prazo, pelo Governo Federal, durante todo o ano de 2017 tivemos a preocupação de informar as pessoas sobre a importância de atualizarem o cadastro que já deveria ter sido atualizado no ano passado, e que devido alguns municípios não terem atingido a demanda estabelecida pelo do governo, foi prorrogada essa data, mas todas as pessoas que têm o Benefício de Prestação Continuada- BPC, que é o mesmo LOAS, precisam atualizar o cadastro, caso isso não ocorra o beneficiário vai perder o benefício, pois o governo não vai mais prorrogar o prazo”, concluiu

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *