Bandidos atacam na PI 214 e levam Saveiro

Quatro homens armados e encapuzados estão atacando desde, quinta-feira, 02/04 na região de Campo Maior. A ação dos elementos ocorreu nas estradas que dão acesso aos municípios de Jatobá do Piauí e Cabeceiras do Piauí.

Segundo informações do Sargento Neto da Força Tática, a quadrilha começou agir na PI-114, entre Cabeceiras e Campo Maior. Eles colocaram pedaços de carnaúbas no meio da estrada na altura da Curva dos Canudos e assaltava quem tentava passar. Os veículos que viam a barreira voltavam, porém pelo menos dois motoqueiros tentou passar e caíram. Neste momento os bandidos tomaram apenas pertences das vítimas e liberaram. Um motoqueiro ainda por volta da meia noite acionou a polícia que quando chegou lá não encontrou mais nada.

A polícia acredita que tenha sido a mesma quadrilha tomou de assalto um carro modelo Saveiro de cor vermelha de placa OEE-2260 com som na parte traseira na PI-322 que dá acesso a Jatobá do Piauí por volta de 01h da madrugada desta sexta-feira (03).Saveiro-2012.

O carro pertence ao empresário Manoel Neto. Ele retornava da casa de um amigo em Jatobá do Piauí com a namorada e mais um casal. Segundo informações repassadas ao portal por Catarina Pinho, mãe da vítima, os elementos estavam todos encapuzados, armados e andavam em um carro modelo GOL Preta geração. Na altura da comunidade Bom Lugar os bandidos colocaram o carro atravessado na pista para parar a vítima. “Eles mandaram todos tirarem as roupas, pular uma cerca e deitar no chão. Depois levaram o carro com os pertences deles”, contou Catarina. Ela acredita que eles mandaram as vítimas ficarem pelados apenas para aumentar a dificuldade de conseguirem socorro e acionarem a polícia já que ninguém foi violentado ou agredido.

O veiculo usado pelos bandidos nos dois assaltos é idêntico. A polícia acredita que sejam os mesmo. As Polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal foram acionadas, mas até o momento não se tem o paradeiro dos bandidos.

Imagem apenas ilustrativa. Fonte: Campomaioremfoco

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *