Aluísio Martins diz que foi erro se coligar com inimigos

“O PT foi longe demais ao se coligar com inimigos históricos”. A declaração foi feita pelo deputado estadual, Aluísio Martins (PT-PI), ao falar a respeito da situação atual do PT depois das inúmeras denúncias que atingiram expoentes importantes da legenda, a exemplo da presidente afastada, Dilma Rousseff.

“A nossa maior derrota foi a questão ética que a gente defendia, a bandeira da ética, do combate a corrupção. O PT foi longe demais ao se coligar com inimigos históricos como [José] Sarney, como Paulo Maluf. Acho que que isso prejudicou muito as nossas bandeiras. Mas, vejo que o partido tem uma missão importante no Brasil”, disse o deputado.

aluisio-martins-366179

Aluísio Martins afirmou que a autonomia dada aos órgãos de controle possibilitou que atos ilícitos pudessem ser evidenciados.
“A gente não é ingênuo de imaginar que a corrupção começou no Governo do PT, já acontecia antes. Só que os órgãos que fiscalizam não tinham a necessária autonomia. Foi criado durante o governo petista, o Portal da Transparência, a Lei da Delação Premiada na gestão Dilma. Todos esses mecanismos se fortaleceram durante o governo do PT. Inclusive, o ex-presidente Lula criou a CGU”, relembrou o parlamentar.
O deputado estadual não acredita no aumento da corrupção. “Não é que a corrupção tenha aumentado muito, são os órgãos de controle que passaram a investigar mais. Membros do PT estão envolvidos em corrupção, e se tem que admitir isso, mas, o nosso partido não defende isso, tanto que cortamos na própria carne.A Lava Jato é fruto de um Governo que deixou as coisas funcionar”, analisou Martins.

gp1

1 Comment

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *