ACIDENTE: Ônibus com romeiros tomba, deixa um morto e mais 40 feridos

No final da tarde de terça-feira (31/07), um ônibus de turismo com 52 passageiros que voltava de São Paulo com destino ao Norte do Piauí, sofreu um acidente na cidade de Cristalândia, na localidade Santana, na BR-135, mais conhecida como ‘Rodovia da Morte’.

onibus1

Segundo informações, o ônibus de dois andares faz parte de um comboio de três ônibus que saiu com moradores de diversos municípios para participar de uma romaria em Aparecida do Norte. O ônibus saiu de Teresina no último dia 15 de julho com o objetivo de ser realizado uma excursão religiosa pelo Brasil. A chegada dos viajantes em Teresina estava marcada para hoje.

De acordo com relatos de passageiros, o veículo saiu da pista depois que o motorista tentou desviar de uma motocicleta pequena que transitava na rodovia.

acidente1

Além de colidir contra a moto, o ônibus saiu da pista, caiu na ribanceira e tombou. Quatro ambulâncias ajudaram no resgate dos feridos, duas de Cristalândia e as outras duas de Corrente. Segundo o motorista do SAMU de Cristalândia, mais de 14 passageiros foram levados para atendimento no Hospital Municipal Adulino Juvêncio Paraguassú, que fica na cidade. Já para o Hospital Regional João Pacheco Cavalcante, em Corrente, deram entrada 23 passageiros feridos.

Veio a óbito em decorrência da gravidade dos ferimentos uma mulher identificada como Gardênia de Carvalho Brito, de 59 anos, moradora do município de Bocaína, próximo a Picos. A condutora da motocicleta identificada como Valdenice Martins de Melo Souza, teve uma das pernas dilacerada e foi transferida para o hospital de Barreiras, na Bahia.

Uma grande mobilização de técnicos, enfermeiros e médicos foi necessária nos dois hospitais. O secretário municipal de Cristalândia, Sândalo Nogueira, ajudou a levar feridos para o hospital.

De acordo com o assistente social do Hospital Regional de Corrente, Paulo Henrique Dourado, mais três pessoas seriam transferidas para outros hospitais ainda na noite de ontem, devido à gravidade dos ferimentos.

Fonte: Portal Livre

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *